POISON BOOKS - Casa Glass (Rachel Caine)




Autor: Rachel Caine
Editora: Underworld
Publicação: 2010
Páginas: 286                                                                                
Capítulos: 17
Tema: Juvem-Adulto, Vampiros

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Bem-vindo a Morganville, Texas. Apenas não fique fora após o escuro.
A estudante do primeiro ano da faculdade Claire Danvers já teve o suficiente da sua situação de pesadelo no seu dormitório, onde as meninas populares nunca a deixam esquecer exatamente que lugar ela ocupa na cena social da escola: algum lugar abaixo de zero.
Quando Claire vai para fora do campus, a imponente casa antiga que ela encontra um quarto pode não ser muito melhor. Seus novos colegas de quarto não mostram muitos sinais de vida. Mas eles vão proteger Claire quando os segredos mais profundos da cidade virem a tona, famintos por sangue fresco.




RESENHA:
Ahhh finalmente fazendo a resenha deste livro... quando eu comecei a ler pela internet que uma editora iria trazer essa saga (que é como um filhotinho para mim) fiquei tão feliz. E muito ansiosa. MV tem um sabor especial para mim, foi o primeiro livro que li em inglês desde que eu descobri o mundo frenético dos livros (antes eu li, mas agora a situação está viciante), eu não sei se vocês estudam línguas – qualquer uma vale – mas quando você consegue ler um livro e entende ele, tem um sabor especial, principalmente porque eu não estudava inglês tem muito tempo.

Mas chega de passado, agora é hora de falar da resenha do mesmo. E ser o mais imparcial possível (OMG, desta vez vai ser difícil).

A primeira vista Morganville se parece com quase todas as outras histórias de vampiros que temos no mercado – Crepúsculo, Academia de Vampiros, Morada da Noite e afins – onde a protagonista de repente se encontra cercada pelos sedutores amigos com presas. Mas o primeiro ponto que diferencia a história é: a personagem principal não vira vampiro!!! (pelo menos até o livro 9 não, não sei se ela pode virar mais para frente).

Enquanto nas outras histórias ou a personagem principal já esta neste mundo (caso da Rose em AV) ou ela descobre os vampiros como em Crepúsculo/Morada da Noite e acaba virando um deles. A jovem Claire é uma nerdzinha que se vê no meio de uma cidade vampírica porque mexeu com a pessoa errada.

 Outra situação que posso apresentar é a maneira de escrever da Rachel, você sempre acha que não vai ser grande coisa a história, mas ela tem um jeito de escrever que simplesmente te gruda no livro e você acaba terminando a história praticamente no mesmo dia que começa a ler, porque um capitulo leva ao outro que leva ao próximo e claro, você se vê nos capítulos finais e pensa – já cheguei até aqui mesmo porque não ler até o fim e terminar o livro?

A cidade ser cercada de vampiros é tão contraditória e intrigante que às vezes não sabemos se aquele personagem que aparece é ou não vampiro e a medida que Claire avança e conhece mais de Morganville, nós conhecemos a cidade junto com ela, os locais onde os humanos são bem-vindos e onde eles não podem entrar sem permissão.

De todos os personagens apresentados, tenho 2 favoritos: Shane, porque é o Shane e ele é tão TDB, faz aquele estilo não vou ficar falando que te amo mas vou te proteger se precisar? Ele é assim, todas as atitudes dele são impensadas e meio loucas...hum, será que eu gosto mesmo dos bad boys?. E a Amelie, todas as vezes que ela aparece eu fico com medo. A descrição dela é surreal, é como se ela não existisse, fosse alguém perfeito demais para existir. Todas as atitudes dela são tão centradas e perfeitas que me faz parecer um patinho feio.

Mas estaria mentindo se não dissesse que a Claire me irrita e muito nos primeiros livros, até porque eu sempre comento que eu quero bater em personagens fracas e moles. E a Claire tem esse problema, ela não reage, fica querendo ser a mártir. Ela vai reagir, mas conto logo que vai demorar um pouco, então ficaremos com esse sentimento por um tempinho.

Eu nem vou comentar sobre o fim deste livro....rs, porque na boa, foi muita maldade da autora terminar deste jeito um livro, deixando um suspense terrível (porque no 2 váááárrriias coisas vão acontecer). Realmente isso deveria ser proibido.

O que eu posso adiantar até o 9 sem dar spoiler é, há muita reviravolta pela frente, novos personagens irão aparecer e farão a trama ser muito mais complexa e intrigante e alguns segredos da cidade serão revelados. É uma saga grande, compreendendo 12 livros. Mas está valendo a pena.


Extremamente Venenoso


Compre Aqui – Compare Preços:
Cultura – R$ 39,90 | Saraiva – ND | Submarino – ND | Travessa – ND | Underworld – R$39,90












Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários