POISON MOVIES - Scott Pilgrim Contra o Mundo


Título no Brasil:  Scott Pilgrim Contra o Mundo
Título Original:  Scott Pilgrim Vs The World
País de Origem:  EUA/Inglaterra/Canadá
Gênero: Aventura
Ano de Lançamento:  2010
Duração: 112mim
Estréia no Brasil: 05/11/2010
Estúdio/Distrib.:  Universal Pictures
Direção:  Edgar Wright

SINOPSE:
Baseado na história em quadrinhos “Scott Pilgrim Volume 1: Scott Pilgrim´s Precious Little Life” de Byran Lee O´Malley, o filme tenta reproduzir um mundo cheio de loucuras na telona. Scott Pilgrim´s tem 23 anos, uma banda de rock e namora a garota mais cobiçada do colégio, tudo em sua vida está uma maravilha até ele mergulhar em uma aventura sem limites, repleta de mulheres, música e adrenalina. Quando ele percebe, tudo está de cabeça para baixo e o que era real se tornou parte da fantasia.





RESENHA:
Talvez os fãs de quadrinhos queiram me matar ao final desta resenha, ok. Mas eu já disse que nem sempre tudo que vem dos quadrinhos/ livros e vira filme fica tão legal ou sai com as mesmas piadas engraçadas que ocorre quando está impresso.

Até uns 2 meses atrás se você me perguntasse sobre Scott Pilgrin, eu iria falar, esse é quem? Então num clube do livro aqui do rio, que foi sobre gaphic novel, comentaram muito sobre este quadrinho (que só veio para o Brasil porque o filme sai em breve) e a história parecia engraçada.

E como vocês sabem, a situação aqui no Rio anda um pouco crítica, resolvi ver este filme (não, eu não li os quadrinhos no qual o filme foi baseado). E sério. Minha vontade era de desligar o filme, ir ver TV, ler, sei lá, fazer qualquer coisa produtiva, porque o filme é muito sem eira nem beira.

Para quem é fã de jogar Street Fight e outros joguinhos do tipo (como aquelas maquinas do Dance Dance Revolution) vai se sentir em casa, tem tanta referencia sobre isso que mesmo que você nunca tenha ouvido falar, a ideia entra por osmose e no final você Sabará mais sobre cultura pop do que gostaria.

Eu acredito que os quadrinhos devem ser bem mais engraçados e até melhores do que foi o filme. A ideia de ex-namorados do mal é engraçada e até teve momentos hilários, mas com certeza está mais para sessão da tarde do que um grande lançamento para se ver no cinema.

Para quem já leu, com certeza deve ir assistir. Para quem nem sabia disso (como eu também não conhecia) aconselho a esperar, pode ser que não seja a sua onda e fique tão revoltando quanto eu.


Suave Venenoso

                                                                                                                                                       











Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários