POISON MOVIES - As Múmias do Faraó


Título no Brasil:  As Múmias do Faraó
Título Original:  Les Aventures Extraordinaires d’ Adèle Blanc-Sec
País de Origem:  França
Gênero: Ficção Aventura, Fantasia
Ano de Lançamento:  2010
Duração: 105mim
Estréia no Brasil: 29/10/2010
Estúdio/Distrib.:  Imagem Filmes
Direção:  Luc Besson

SINOPSE:
Adèle é uma jovem e aventureira repórter capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer. Ela vai até o Egito em busca da cura da doença de sua irmã, na tumba secreta de um faraó. Ao retornar para Paris, ela percebe que o pânico tomou conta da população. Um ovo de dinossauro de milhões de anos se chocou misteriosamente no museu e a criatura está aterrorizando a cidade. Além disso, coisas estranhas continuam acontecendo no museu. Mas, nem o perigo e nem todo mistério por trás dos curiosos acontecimentos impedirá Adèle de conseguir salvar sua irmã. Prepare-se, a aventura está apenas começando!






RESENHA:
Sou uma grande fã de filmes de ação/aventura, principalmente quando vejo trailers que me deixam com vontade de ir ao cinema. E se a história for de certa forma relacionada com algo da Grécia/Egito, pode contar que estarei firme e forte lá assistindo ao filme.

Ontem fui assistir a estreia de ‘As Múmias do Faraó’ e confesso que apesar de achar que o filme lembraria um pouco ‘A Múmia’ e suas sequências, deixei essa informação de lado e me propus a assistir primeiro e comparar depois.

Bem... o filme é legal, temos uma heroína – Adèle Blanc-Sec – uma repórter intrépida que vaga o mundo em busca de aventuras e histórias e nesse filme conta uma aventura pessoal, ir ao Egito atrás do médico do faraó para que o mesmo possa recuperar sua irmã que se encontra numa espécie de ‘coma’.

A ambientação de Paris da época, roupas e até o jeito meio de poucos amigos da personagem, colabora para que o filme tenha sequências cômicas e interessantes, mas... ele é uma sessão da tarde. Daquelas que você se esparrama no sofá e passa a tarde toda se empanturrando de doces e guloseimas e sem vontade de sair de frente da TV.

O filme que foi baseado numa história de quadrinhos franco-belga é desconhecida do publico brasileiro. Talvez seja por isso que não renda uma paixão ou interesse nosso. Inclusive a sala estava completamente vazia (tudo bem que eu gosto de salas vazia, visto que o filme era dublado =/), para quem faz francês pode ser interessante pegar em DVD, pois o mesmo é todo nessa língua.

A história é um tanto quanto louca, uma mistura de Tintin com Indiana Jones e claro A Múmia. Falando nelas, desisto de tentar entender porque o original em francês > Les Aventures Extraordinaires d’ Adèle Blanc-Sec, algo como “As Aventuras Extraordinárias de Adèle Blanc-Sec”, virou o nome do filme. Apesar de logo no início haver uma briga envolvendo a múmia que ela vai buscar, o momento múmias do filme só ocorre praticamente no final do filme. Acredito que se fosse traduzido ao pé da letra seria mais interessante ou não?

Valeu ir ao cinema, pois há momentos engraçados passados pelos personagens. Cenas em que ela tenta de todas as formas retirar uma pessoa da cadeia merecem um destaque, e seu humor afiado é outra contribuição. Mas acredito que há outros filmes que mereçam ser vistos na telona bem mais legais e interessantes.

Tóxico









Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários