POISON BOOKS - As Patricinhas (Zoey Dean)


Autor: Zoey Dean
Editora: Bertrand Brasil
Publicação: 2010
Páginas: 293
Capítulos: 40
Tema: Romance, Jovem-Adulto, Chick-Lit

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
 Megan Smith, recém-formada em Yale, tem grandes planos para a sua carreira de jornalista, mas também uma dívida enorme: 75 mil dólares do empréstimo que fez para pagar a faculdade. Por conta disso, aceita trabalhar num tabloide de quinta categoria, é demitida (o que era de se esperar: estava pouco se lixando em saber qual celebridade tinha acabado de operar o nariz), até que... recebe uma proposta irrecusável.
As gêmeas Rose e Sage Baker têm 17 anos e são as herdeiras mais badaladas de Palm Beach, conhecidas por terem rios de dinheiro e uma queda pelos flashes dos paparazzi.
A avó das gêmeas se oferece para pagar a dívida de Megan, com a condição de aceitar ser professora particular das meninas e fazer com que entrem numa boa universidade. Mas as gêmeas não estão nem um pouco dispostas a abrir espaço em suas agendas de patricinhas para aprender álgebra. Megan logo descobre que, para conquistar suas alunas, vai ter que saber a diferença entre Pucci e Prada. E mais: se entrar para a galera, talvez, quem sabe, consiga ensinar alguma coisa para as meninas.
O que nunca imaginou é que ela própria aprenderia uma grande lição.




RESENHA:
Nada como um personagem ‘gente-como-a-gente’ para ter uma leitura prazerosa. E foi totalmente o que aconteceu em As Patricinhas. Este livro foi o que deu origem ao seriado Privileged, mas como eu não assisto ao seriado, não posso confirmar se eles seguiram a risca ou não. Mas com toda certeza o livro te garante ótimos momentos.

Megan acabou de se formar na faculdade, em Yale ainda por cima (para quem não sabe, Yale junto com mais 7 universidades formam a Ivy League, que seriam as universidades Tops dos EUA). Mas parece que nada disso adiantou, porque agora ela está num emprego meia-boca e devendo uma nota preta por causa do financiamento. E claro que ainda fica ruim. Ela simplesmente perde o emprego. (De repente você está pensando que pode ser a sua vida? Ou está encaminhando para essa situação? Calma!!! Tudo nessa vida tem jeito!!)

Sim, a partir deste ponto (isso acontece praticamente nos primeiros capítulos, então não é spoiler) a história realmente se transforma. As confusões começam e o inferno-astral da personagem também. Ela é convidada para ser tutora de duas irmãs gêmeas que precisam entrar numa faculdade para ganhar uma bolada de herança. Só que elas são ricas, mimadas e para elas a vida é uma festa.

Ao longo da história Megan começa a se transformar em outra pessoa. Afinal, viver perto de gente rica e querendo aparentar algo que não somos dá trabalho, aliás muito trabalho, ela começa a se perder. E como toda boa história precisa ter um gatinho (meninas do clube do livro do RJ sabem disso...rs), ela começa a saga com o namorado boa pinta e bem de vida – James – mas ao longo da história aparece um rapaz interessante – Will.

Com quem será que ela fica? Afinal ela começa a mentir para os dois e digo uma coisa, nunca ri tanto com a ‘desgraça’ alheia como neste livro. As confusões e enrolações que ela cria e se mete são de outro mundo. Confesso que tinha horas que eu me perguntava – Será que ela realmente vai falar isso? Ou Eu não acredito que ela pode ter inventado algo como isso.

O livro é dinâmico, inteligente e antenado. Como disse no início do post, devido a personagem Megan ser tão parecida conosco, parece que você está lendo uma história de uma amiga ou alguém te contando sobre um conhecido enquanto se faz um lanche no shopping.

O início dos capítulos também é uma alegria a parte. Pois sempre começa com perguntinhas e as respostas são hilárias e geralmente estão ligadas ou com o capítulo anterior ou com o que vai acontecer no capitulo em questão. Segue um exemplo:



Pag 125 – Capítulo Dezessete

Escolha a alternativa que melhor define a seguinte palavra:
LASCIVO
a) repugnante
b) bafão quente, à La coluna social
c) frio e distante
d) nervoso
e) feito de lacinhos


A autora conseguiu uma reviravolta ao mostrar que não necessariamente as pessoas que vivem em meio ao luxo e aparência são completamente burras, às vezes elas só representam um personagem, mas quando conhecemos a fundo percebemos a verdade. E também que o mundo da alta sociedade pode ser bem mais competitivo do que nós, os pobres mortais, acreditamos que seja.

Claro que tudo isso regado a muito champagne, caviar e tecendo comentários (leia-se fofoca) sobre uma ou outra pessoa que de repente repetiu o modelito ou está ‘dando’ em cima de alguém que não devia.

Para nós é simplesmente delicioso e incrivelmente hilário. É uma leitura rápida e divertida.
Bon santé!

Extremamente Venenoso



Compare Preços – Compre Aqui:








Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários