POISON BOOKS - Garoto Encontra Garota (Meg Cabot)

Autor: Meg Cabot
Editora: Record
Publicação: 2006
Páginas: 399
Capítulos: --
Tema: Ficção, Jornais
Série: Garotos – livro #2

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Conheça Kate Mackenzie, moradora de Nova York: ela é assistente da TPM (Tirana Perversa e Maldosa) Amy Jerkins, diabólica diretora de RH; o ex-namorado a enrolou por dez anos e ela está desesperada atrás de conjugado bacana e barato. Já chega, né?! Para piorar, a TPM ordena que Kate demita a funcionaria mais popular da empresa, o que leva a ser processada pela demissão injusta. Mas, contrariando todas as probabilidades, Kate encontra o amor de sua vida no tribunal.


RESENHA:
E a maldição do livro 2 continua...


Aliás, eu simplesmente odeio isso. Quando você lê um livro maravilhoso e que super te empolga e vem o segundo e totalmente te desanima. Isso quando simplesmente você não sente vontade de abandonar a série.

Neste livro a nossa fabulosa Meg Cabot pisou na bola (sim, eu sei que vai ter várias pessoas dizendo que eu estou louca e como posso dizer que um livro da Meg seja chato, mas enfim...é minha sincera opinião). O que no livro foi divertido e diferente, neste, ela quis inovar demais e acabou ficando muitas vezes confuso.

Em ‘Garoto Encontra Garota’, a história é bem mais legal que no livro 1 da série. O assunto é mais interessante e a gama de personagens é bem mais hilária do que no outro, porém eu acredito que o uso exagerado de redes sociais e outros meios de escrita deixaram a história chata e arrastada.


No livro além do email (que já havia sido usado no outro livro), há conversas no MSN, telefonas e às vezes só a caixa postal, anotações em diários, bilhetinhos de recados e o que eu achei mais viagem – mensagens escritas em cardápios, guardanapos e afins. Sério, tinha horas que eu pensava se realmente isso era necessário.


A história fala sobre Kate, que trabalha no mesmo local – The New York Journal – e possui uma chefe que todos nós temos vontade de matar. Ela é conhecida por Kate e alguns outros como TPM (Tirana Perversa e Maldosa) e fica envolvida num baita escândalo, foi acusada de mandar embora uma funcionária que todos amavam sem provas/advertências. Mas ela jura de pé junto que tudo é uma armação da Amy Jenkins (sua chefe TPM) e que ela que quer arruinar a carreira de Kate. Quando o bonitão Mitch Hertzog entra na história, aí que a confusão e as risadas começam.


Para quem gosta de saber o que acontece com os personagens dos livros anteriores, esse Meg mostra muitas pessoas e até dá mais informações e um “up” na vida de alguns, mostrando estranhas conexões e momentos engraçados (ou não) dos mesmos.


Enfim, apesar da história ser bem melhor e mais engraçada que o livro anterior, ela se arrasta devido à quantidade de “informações” que é passada nos emails e outros meios, dificultando um pouco a fluidez da leitura. Aqui o ideal seria mesclar com momentos de textos normais (podemos dizer assim), para o leitor dar uma recuperada e voltar ao jeito interessante da escrita de Meg.


E você, o que acha/achou deste livro??


Tóxico

 

Deixe seu veneno...ops...comentários também ;)


Compre Aqui:
51



Share:

8 comentários