POISON BOOKS - Amante Eterno (J. R. Ward)

Autor: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2010
Páginas: 447
Capítulos: 51
Tema: Romance, Vampiros
Série: Irmandade da Adaga Negra – livro #2

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. 

Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta. 

Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está em busca de amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama... 




RESENHA:
Livro 2 da saga Irmandade da Adaga Negra, caso ainda não tenha lido a resenha do livro 1 (Amante Sombrio) clique aqui.

Uau, depois que acabou o primeiro livro da saga era lógico que eu queria mais. Vampiros sexys e uma enorme briga travada na cidade de Caldwell por território, ou seria para evitar que os redutores “lanchassem” os humanos? E claro, eles também querer acabar com os vampiros civis e cabe a Irmandade dar fim nesse tipo de gente.

No livro 1, confesso que fiquei bem empolgada porque não tinha apenas romance, e sim aquela tensão de a qualquer momento uma luta poderia acontecer e pessoas precisavam ser salvas. Fazendo com que lesse mais e mais páginas para saber o que iria acontecer com os personagens.

Mas neste livro, há bem mais romance do que ação (alow mocinhas de plantão e menores de 18 anos, vocês ainda estão proibidas de ler...hahaha). O guerreiro da vez é Rhage. O vampiro mais voraz. Ele é o melhor, o mais forte, o mais intenso guerreiro dentro da irmandade e devido à uma maldição, ele vive em uma constante guerra contra si mesmo, onde a linha entre ser e perder o controle é bem fina.

Se no outro livro, a mocinha era meio-vampira, neste ela é totalmente mortal (Mary) e claro, está morrendo. Mas Rhage cai de amores por ela assim que a encontra. Tudo por causa de um personagem que aparece, mas ele não figura tanto neste livro. Porém pelo que já andei lendo mais para frente, ele é importante.

Nesta história, Rhage e Mary ficam na constante briga se devem ou não ficar juntos. Afinal, ele faz parte da Irmandade e ela é uma mortal. Perigo é o sobrenome para quem precisa arriscar a vida para defender à população vampírica que está sob proteção dos guerreiros.

Eu gostei bastante deste, apesar de querer mais ação. O máximo que percebemos é que os Redentores estão se reestruturando, depois do ataque malsucedido que ocorreu no Amante Sombrio. Mas ainda não percebemos bem o que eles estão aprontando ou o que pode vir para os próximos livros.

O próximo livro da saga – Amante Desperto – chega em julho nas livrarias e será sobre Zsadist, o vampiro mais enigmático da Irmandade.

E você o que acha/achou deste livro?

Venenoso


Deixe seu veneno... ops...comentário também ;)

Preços:                                                        

Share:

12 comentários