POISON BOOKS - O Labirinto dos Ossos + Uma Nota Errada (Rick Riordan, Gordon Korman)

Autor: Rick Riordan/ Gordon Korman
Editora: Ática
Publicação: 2010
Páginas: 238/ 190
Capítulos: 20/21
Tema: Infanto-Juvenil
Saga: 39 Pistas – livro #1 / livro #2

RESENHA DA CONTRA-CAPA LIVRO 1:
Imagine se você descobrisse que faz parte de uma família de personalidades que mudaram a História. E imagine se, no minuto seguinte, você tivesse que escolher entre herdar um milhão de dólares ou a primeira de 39 pistas para encontrar o maior tesouro do mundo. Essa é a decisão que os órfãos Amy e Dan Cahill devem tomar em apenas cinco minutos.
Os irmãos queimam seus cheques e se lançam na busca das 39 pistas. O que eles nem imaginam é que seus maiores inimigos serão os próprios Cahill, uma família dividida em clãs e capazes de qualquer trapaça para chegar ao tesouro.

RESENHA DA CONTRA-CAPA LIVRO 2:
Com muita dificuldade, Amy e Dan encontraram a primeira das 39 pistas. Agora eles seguem os passos do músico Wolfgang Amadeus Mozart e vão à Viena. Mas quem lhes conduz nessa descoberta é Maria Anna (ou Nannerl), irmã de Mozart, por meio de seu diário. Seguindo a trajetória do grande compositor, os irmãos vão também para Veneza, onde descobrem nada menos que a base secreta de um dos clãs da família Cahill. Em "Uma Nota Errada", os irmãos Cahill descobrem que o mais difícil não é encontrar as pistas, mas despistas seus competidores cada vez mais implacáveis.



RESENHA:
Certo, desde que eu li Percy Jackson eu fiquei gamada no jeito de escrever de Rick Riordan e quando seu novo projeto 39 pistas deu as caras por aqui eu realmente queria muito. Já tinha namorado o livro 1 – Labirinto dos Ossos pelas livrarias, mas num momento insano comprei este mais o livro 2 – Uma Nota Errada e não me arrependi. Tudo bem, exceto pelo fato que agora quero o 3 e 4. Eita saga que vicia.

Bem, esse post será duplo, porque irei falar dos 2 primeiros livros da saga que merecem um espaço nas estantes e preparem também o bolso porque serão 10 (sim, 10 livros) e todos eles são escritos por autores diferentes.

Livro 1 – Labirinto dos Ossos
É o início da trama, neste livro somos apresentados à Amy e Dan Cahil e a sua família um tanto excêntrica. Aliás, a família Cahil é a responsável por grandes nomes da história mundial e possuem uma fortuna incalculável, mas para ter acesso à todo esse mundo de glamour, fama e descobertas é preciso fazer uma escolha: Ganhar 1 milhão ou trocar tudo isso por uma das 39 pistas espalhadas ao redor do mundo. O que você escolheria?

No início, o livro não tem tanta ação, ele nos apresenta a família Cahil, os vários personagens (vilões e outros personagens indefinidos) e o que aconteceu (um pouquinho) com os pais de Amy e Dan. E claro, porque eles embarcaram nessa jornada sem pé nem cabeça ao redor do mundo.

No meio da trama, você começa a perceber que não pode confiar em ninguém que cada hora um dos parentes deles está jogando de um lado. Ora está ajudando os irmãos, ora não está e às vezes os vários clãs se juntam para algo que a princípio parece impossível para nós.

O mais legal dessa saga, talvez seja a mistura de Código da Vinci com A Volta ao Mundo em 80 Dias. Você embarca junto com eles atrás de pistas e charadas que irá abrir novas pistas e lugares. E como maravilhosamente Rick traz os grandes talentos mundiais para a história sem você nem perceber. Os detalhes da vida dos mesmos e outros temas sobre eles que talvez você não soubesse ou passou desapercebido, mas não para a grande devoradora de livros Amy e o nosso amigo Google que é citado varias vezes ao longo da história.

Neste primeiro livro, vemos as crianças tentando crescer na marra. Elas perderam os pais, são os mais ferradinhos da família, os outros querem eliminá-los da corrida. Porém, eles sabem que a avó Grace os tinha preparado para esse desafio e que aos poucos eles serão mais confiantes e inteligentes do que são.

Eu acredito que é porque eles sabem de alguma coisa que não se lembram, pois todos os outros competidores sempre pensam em eliminá-los (sim matar os pobres irmãos), essa família dá medo. Acreditem tem cada coisas que eles fazem....rs

Livro 2 – Uma Nota Errada
Neste segundo volume percebemos que se os irmãos não acreditavam ou não queriam que seus parentes são do tipo estranho e maldoso, agora eles têm certeza. Depois de quase morrer em um dos lugares das pistas. Eles percebem que a corrida precisa deixar de ser uma brincadeira e começam a levar a serio. Tanto que a au pair deles, Nellie, também embarca nessa louca busca e está mais do que disposta a ajudá-los a recuperar novas pistas e algo valioso que foi roubado.

As novas pistas os levam para lugares exóticos, como Viena e Veneza. E visitando esses lugares, acabam descobrindo mais sobre os clãs e seus esconderijos secretos, além de um sobrenome que todos temem, mas ninguém até agora explicou o motivo.

Por ser um novo autor escrevendo, eu percebi pequenas mudanças nos personagens de Amy e Dan e a au pair que quase não aparece no livro 1, ganha mais destaque nesse. Onde quase é possível dizer que agora são 3 que procuram as pistas ao invés de apenas os irmãos.

Confesso que neste segundo tem bem mais ação que no livro 1, os perigos que os irmãos começam a enfrentar também se tornam mais...mortais, digamos assim. E alguns personagens misteriosos aparecem. Nunca sabemos se é para ajudar ou não a dupla. Mas com certeza estão sob as ordens de alguém.

Adorei a saga, a cada livro novos personagens da história vão sendo desvendados, novas pistas. Mais informações. Uma busca alucinante. Difícil não ficar apaixonado por essa aventura, que a cada livro faz prender a respiração e queremos mais. Pena que são curtinhos. Eu li cada um em menos de um dia. Com certeza a história prende e vale a pena.

A única coisa que eu tenho medo é da família Cahil...rs, com uma família dessa, com certeza ninguém precisa de inimigos...hahaha

E você o que acha/achou deste livro?

Extremamente Venenoso


Deixe seu veneno... ops...comentário também ;)

Preços:                                                        
36

Share:

18 comentários