POISON QUICKS - Saga Darren Shan


Oi gente...

Indo muito ao cinema, vi o cartaz do filme – CIRCO DOS HORRORES – que tem estréia prevista para março no país. Para quem não sabe, sim este filme será sobre vampiros... na verdade é mais um filme que foi adaptado de livros e este é uma saga (12 livros). O nome do autor é Darren Shan e a coleção chamada aqui de A Saga de Darren Shan esta sendo vendida pela Rocco (o que eu descobri essa semana).



A principio quando eu vi o cartaz do filme não sabia exatamente se seriam 12 filmes ou se iam juntar alguns livros e fazer um filme (coisa que acontece algumas vezes). Na realidade, são 4 trilogias e o filme será baseado na primeira (Sangue de Vampiro) e irá englobar fatos dos 3 primeiros livros.

Não sei se esse ano ainda vai ser o ano dos vampiros, como foi no ano passado, mas acredito que enquanto essa fase não acabar, as editoras e produtoras de cinema vão aproveitar para colocar tudo que eles têm desse tema para cima de nós. Resta saber se o publico vai engolir ou se comparações com o fenômeno Crepúsculo sobressairão mais do que os filmes em si.

Se você gosta de vampiros e quer conhecer um outro lado, um totalmente diferente de Crepusculo pelo que eu entendi, já que esse parece ser a essência real dos vampiros (o que nós sempre acreditamos), seja bem vindo a entrar nessa Saga.

A Editora Rocco lançou toda a coleção e está na faixa de R$26,00 a R$28,00, mas no Submarino alguns itens são encontrados até por R$19,00.

Para saber mais:
Na primeira trilogia, conhecido como Sangue de vampiro
1 - Circo dos horrores
"Um livro arrebatador... cheio de reviravoltas que deixam o leitor sedento por mais."
J. K. Rowling, autora dos livros de Harry Potter

Se esta fosse uma trama inventada, começaria à noite, com raios, tempestade, corujas piando e barulhos debaixo da cama. Mas trata-se de uma história real, segundo Darren Shan, autor e protagonista de Circo dos Horrores, uma das mais arrepiantes séries de terror para jovens acima de 10 anos.
A história começa mesmo de dia, em pleno período escolar, quando Darren e seu amigo Lucas vão assistir a um show no Circo de Horrores. A descoberta é para ambos o início de uma aventura mortal no mundo das trevas.
Diabólica combinação de realismo, humor e de todos os elementos aterrorizantes que rondam o mundo dos vampiros, Circo dos Horrores não foi escrito simplesmente para assustar e sim para colocar os nervos do leitor em teste. O estilo de Darren, propositalmente cinematográfico, é um reflexo de sua intensa paixão pela sétima arte.
A série Circo dos Horrores é sucesso em vários países, estando inclusive na lista dos mais vendidos do The New York Times. Na Inglaterra recebeu indicação para oWhsmith Children's Book of the Year e para o Sheffield Children's Book of the Year.

2 - O assistente de vampiro 
Diabólica combinação de realismo, humor e de todos os elementos aterrorizantes que rondam o mundo dos vampiros, a série Circo dos Horrores - a saga de Darren Shan, não foi escrita simplesmente para assustar e sim para colocar os nervos do leitor em teste. Em O assistente de vampiro, o protagonista luta para se adaptar à sua nova vida e tenta desesperadamente resistir a pior das tentações... que pode até levá-lo à morte. Mas quando encontra o Homem Lobo algo terrível acontece e muda radicalmente sua maneira de encarar os fatos.

3 - Túneis de Sangue
As primeiras semanas de Darren Shan como assistente de vampiro foram terríveis. Vivia atormentado por pesadelos e se recusava a beber sangue humano. Mas essas sensações desagradáveis pertenciam ao passado. Ele aceitou bem o seu papel e passou a desempenhá-lo da melhor forma possível.
No coração de Darren, desde o encontro com Débora, a menina morena, com cabelos longos e negros, só havia espaço para o amor. Ele estava apaixonado, e sabia que perto dela podia ser quase um garoto comum.
Mas estranhos assassinatos mudaram a rotina aparentemente tranqüila daquele insólito grupo de viajantes. Corpos foram encontrados pela polícia em diversos pontos da cidade. Em todos, era como se o sangue das pessoas tivesse sido sugado. Tinha que ser o Sr. Crepsley... o modo estranho dele agir, tudo se encaixava. A verdade, entretanto, estava longe de ser tão simples.


Na segunda trilogia, conhecida como Rituais de vampiro
4 - Montanha de vampiro
O Conselho dos Generais Vampiros se reunia uma vez a cada doze anos. Se perdessem aquela oportunidade, teriam de esperar muito tempo pela próxima. E, depois de seis anos, já estava na hora de Darren Shan ser apresentado aos membros do Conselho. Daí o sr. Crepsley ter comunicado a partida para a misteriosa montanha do vampiro com tanta pressa. E sem qualquer tipo de justificativa. Até porque ele nunca fez mesmo a menor questão de explicar as próprias ordens.
Não seria uma viagem fácil, dava para adivinhar. De resto, ninguém sabia informar quase nada. Só que o caminho era longo, os dias, frios, e o vento cortava a pele até os ossos. Definitivamente, uma jornada incomum para alguém, de certa forma, inexperiente, como o jovem assistente de vampiro.
Íngreme e quase impossível de ser escalada, a montanha era uma colmeia gigantesca de cavernas, repletas de caixões, tonéis de sangue humano, comida e vinho. Os vampiros só eram vistos quando chegavam, partiam ou saíam para caçar. Nos túneis – sempre frios e úmidos – ficavam os salões onde moravam os estranhos habitantes da montanha.
Darren aprendeu tudo sobre eles, sua história, seus hábitos, ganhou amigos, inimigos, viveu momentos que chegaram até a ser divertidos. Mas ainda não sabia o verdadeiro preço que precisaria pagar para ser um vampiro de verdade. Logo o legendário príncipe mostraria a ele que sua entrada para o clã era diabolicamente mortal e talvez não valesse tanto a pena como pensavam alguns.

5 - Provas mortais
Escondida em um canto perdido no mundo, coberta de neve e de acesso praticamente impossível, ficava a Montanha do Vampiro, onde as grandes autoridades do mundo das criaturas da noite se reuniam de doze em doze anos. Para que Darren fosse apresentado a todos, o Sr. Crepsley arrastou-o até lá, em uma jornada longa e difícil.
Ninguém se impressionou com o jovem assistente de vampiro. Ao contrário, aliás, o Sr. Crepsley foi bem criticado por ter transformado o rapaz tão cedo em um meio-vampiro. Para provar que era digno de tamanha honraria Darren precisaria enfrentar as Provas de Iniciação e uma série de testes rigorosos, geralmente reservadas para aspirantes a Generais. Na verdade, ele teve muito pouco tempo para decidir se aceitava ou não o desafio. De repente, quando percebeu do que se tratava, já era tarde demais para desistir.
As Provas, parte da herança dos vampiros, eram mais antigas do que qualquer habitante da montanha podia lembrar. No início, não tinham nada de obrigatório e funcionavam apenas como uma primeira avaliação da boa reputação dos candidatos, qualidade vital para um vampiro e que significava ser honrado e respeitado por todos. Depois viriam os testes de força, resistência e sabedoria.
Para começar ele teria que completar cinco delas, todas escolhidas de forma aleatória, uma de cada vez. O desafio compreendia desde lutar com javalis a escalar montanhas perigosas e até se arrastar num ninho de serpentes. Não que fosse incapaz, mas era jovem, inexperiente, além de não ter tido tempo para examinar as várias tarefas e de treinar para elas.
Darren estava diante de um poço sem fundo, que poderia até representar a sua própria morte. Mas sabia o quanto era importante não entrar em pânico e seguir em frente.

6 - O Príncipe vampiro
A Saga de Darren Shan, que com O príncipe vampiro fecha a segunda trilogia da série, foi escrita para jovens a partir de 10 anos, e vem reunindo, desde o lançamento, uma legião de fãs no Brasil e no exterior. O sucesso é tão grande que Darren está sendo comparado ao rei do terror, Stephen King, o que para ele, absolutamente apaixonado pela obra do mestre, é uma grande honra.
Com Ayumarca, escrito para o público adulto, ganhou também muitos elogios da crítica e, para completar, a comparação com os romances do consagrado Clive Barker. Segundo Darren, o livro é uma mistura de O poderoso chefão com A noite dos mortos vivos, de Stephen King.
Darren confessa que escrever para crianças é maravilhoso. Elas adoram ser aterrorizadas por filmes e livros, amam a sensação de frio na espinha pois sabem que não correm risco real. Na opinião dele, as boas histórias de terror são aquelas que causam pesadelos. E o autor sabe escrevê-las como ninguém, uma vez que elas sempre chegaram de forma bem natural à sua mente. Ele conhece exatamente o que pode assustar as pessoas, já que desde criança é fascinado por histórias de horror e hoje, confessa, só consegue pensar, durante quase todo o dia, em coisas horripilantes.
Nunca entendeu por que os vampiros precisam ser malvados, e devem sempre matar. Na sua opinião, podem apenas sugar sangue humano, sem serem vistos e sem incomodar. Na verdade, durante toda a saga, Darren Shan sempre tentou derrubar esses mitos a respeito dos vampiros.
Com O príncipe vampiro, encerra-se a segunda trilogia, com o protagonista se recuperando da traição de um amigo e da acusação de não preencher os requisitos para ser um autêntico vampiro. Só não consegue vencer as correntezas traiçoeiras da montanha. Depois de conhecer o local onde o clã dos vampiros se reúne de doze em doze anos, ele precisa enfrentar as provas mortais, antes destinadas apenas aos Generais Vampiros. Logo percebe que a morte está perto.
Ainda que sobreviva, como mudar o curso dos acontecimentos e evitar uma calamidade, já que está condenado por aqueles que ajudou a salvar? Para saber os rumos desta horripilante aventura, só mesmo aguardando as próximas trilogias.


Na terceira trilogia, conhecido como Guerra dos vampiros
7 - Caçadores do crepúsculo
O autor inglês Darren Shan possui uma legião de fãs ao redor do mundo que vibram com suas histórias sobre vampiros. Depois de duas trilogias completas, chega às livrarias brasileiras Caçadores do crepúsculo – vampiros em guerra, o mais novo livro do jovem escritor que é também o protagonista de suas obras. A saga de Darren Shan é uma das mais arrepiantes séries de terror para jovens acima de 10 anos.
Em Caçadores do crepúsculo, uma guerra está estourando e um alerta preocupa a espécie: o Senhor dos Vampixiitas está destinado a comandar suas tropas até a vitória, aniquilando os vampiros que estiverem no caminho. Apenas três caçadores têm o poder de evitar que a profecia se realize, e Darren Shan é um deles. O príncipe vampiro finalmente aceita seu lugar como um dos líderes do clã e deixa a Montanha do Vampiro, onde viveu durante seis anos, para se arriscar numa missão de vida ou morte.
Como membro da força de elite, Darren percorre o mundo em busca do maléfico Senhor dos Vampixiitas ao lado do senhor Crepsley e de Vancha March. No caminho, os caçadores enfrentam os vampixiitas e contam com a ajuda da misteriosa Evanna e de alguns outros seres não menos esquisitos. Sangue, morte e destruição fazem parte da jornada. Será que eles conseguirão evitar que a profecia seja cumprida?
Com seu estilo propositalmente cinematográfico, reflexo de sua intensa paixão pela sétima arte, e uma diabólica combinação de realismo, humor e todos os elementos aterrorizantes que rondam o mundo dos vampiros, a narrativa de Darren Shan põe os nervos do leitor em teste a cada linha. E ele não decepciona no novo Caçadores do crepúsculo. Mais um passo em direção ao lugar de destaque que vem ocupando entre os grandes escritores do gênero.

8 - Aliados da noite
No novo livro, Darren e o Sr. Crepsley, acompanhados do pequenino Harkat, têm como missão descobrir o paradeiro do Senhor dos Vampixiitas. Ao mesmo tempo, precisam desvendar um mistério que está tirando o sono dos moradores de uma pequena cidade: em apenas seis meses, onze pessoas foram brutalmente assassinadas, tiveram seu sangue drenado e seus corpos largados em locais públicos. A chefe de polícia não tem uma pista sequer que leve aos suspeitos. Mas o Dr. Kevin Beisty, historiador local especializado em ocultismo, garante que vampiros visitam a região há 150 anos.
O trio liderado por Darren Shan, o príncipe dos vampiros, não pode se furtar a investigar o caso. E a investigação acaba levando Darren a se matricular na escola Mahler’s. Lá, ele reencontra pessoas inesperadas como sua antiga namorada Débora Cicuta, hoje professora, e Lucas Leopardo, que o ajuda a localizar Gancho Matador, o responsável pelos ataques macabros. O grupo cresce com a adesão de Débora, Lucas e Vancha March, que também se une aos amigos, e os seis aliados partem com a missão de eliminar o Matador e encontrar o Senhor dos Vampixiitas.
Mas quando tudo parecia estar no rumo certo eles descobrem que caíram numa perigosa armadilha. Com direito a algumas pitadas de romance e muitas reviravoltas, a trama se desenvolve num ritmo eletrizante até o fim. Mas o desfecho definitivo da história ainda está por vir em Assassinos da alvorada, o último livro da Trilogia dos Caçadores. Qual será o destino final de Darren Shan, o príncipe dos vampiros, em sua cruzada contra o temível Senhor dos Vampixiitas? As cartas foram lançadas em Aliados da noite. É ler, esperar e fazer as apostas.

9 - Assassinos da alvorada
Na trama, não bastasse a perseguição frenética dos vampixiitas, a maléfica raça de vampiros, e dos vampitietes, seus aliados humanos, os caçadores liderados por Darren – enganados, desesperados e em menor número – ainda têm que fugir de hordas de vigilantes e da polícia, de cujo quartel-general escaparam num golpe de extrema ousadia. Um embate definitivo e mortal está prestes a acontecer – os inimigos têm sede de sangue! Os subterrâneos da cidade vão testemunhar uma violenta batalha contra o exército maligno liderado pelo terrível Senhor dos Vampixiitas, talvez o único modo de Darren Shan libertar do cativeiro Débora Cicuta, sua namorada.
Quem vencerá este perigoso e sanguinolento confronto? Os vencedores desta muita arriscada luta somente serão conhecidos por quem mantiver nervos de aço em meio ao terror e suspense que permeiam toda a narrativa. Assassinos da alvorada é o ponto final desta Trilogia dos Caçadores assinalado por Darren, que coleciona fãs ao redor do mundo, vibrando com suas arrepiantes histórias de terror para jovens. Mas deixa um gosto de reticências nos leitores, já que a aventura continua, para quem sobreviver à alvorada, em O lago das almas, livro que abre a última trilogia da saga de Darren.


Na quarta trilogia, conhecido como O destino do vampiro
10 - O Lago das Almas
Na narrativa, o Príncipe Vampiro, completamente transtornado, tenta lidar com a morte do Sr. Crespley. Seu desejo imediato é de vingança, mas, deixando-se dominar por este terrível sentimento, estaria indo contra os conselhos do melhor amigo que perdera. Esse – entretanto – não era o único problema que o afligia. Outro amigo fiel, o pequenino Harkat Mulds, a quem Darren devia a vida, perdera completamente a memória e voltara a ter terríveis pesadelos. Somente o pai de Evanna, o Sr. Tino, que ressuscitara Harkat do mundo dos mortos, podia mostrar-lhe o que fazer para descobrir quem ele fora e, assim, com sorte, parar com os torturantes sonhos.
Buscando se afastar um pouco daquela guerra e trazer, quem sabe, o mínimo de paz ao seu coração, Darren Shan retorna ao Circo dos Horrores, único lugar que ele sente como lar. Com ele, Harkat, cada vez mais atormentado com seu sono. Até que o Sr. Tino aparece e oferece dois caminhos – ou bem o pequenino luta para descobrir a verdade sobre si próprio, partindo ao encontro do Lago das Almas, com suas águas escuras e misteriosas, ou fica e enlouquece. Em dívida com Harkat, Darren promete ajudá-lo nessa jornada.
Porém, não seria o caso apenas de descobrir e voltar. A estrada até lá é longa e perigosa, e, ainda que lutassem até o fim, mesmo assim, poderiam não retornar jamais. Embora não saibam o que os espera, nem os riscos que correrão no caminho atrás da verdade nas águas negras da morte do lago, Darren Shan e Harkat Mulds partem com destemor. O que ambos, contudo, não poderiam imaginar, é que tudo não passava de um intrincado jogo do Sr. Tino, testando-os a cada etapa, num mundo paralelo. Independentemente dos desafios, as respostas estariam sim no Lago das Almas, só que, é evidente, não seria fácil obtê-las – é preciso cuidado com o que for pescar!
Uma pergunta, portanto, é inevitável: conseguirão Darren e Harkat vencer todos os obstáculos em busca da verdadeira identidade deste último? Somente quem ler esta aventura saberá a resposta! Afinal, apenas quem sobreviver a mais esta arrepiante história poderá enfrentar o Senhor das Sombras – segundo livro desta última trilogia da saga dos lendários vampiros.

11 - Senhor das sombras
Coragem e muito cuidado... a Guerra das Cicatrizes aproxima-se já de seus episódios derradeiros. Os jovens fãs do terror, em especial histórias vampirescas, podem comemorar: chega às prateleiras Senhor das Sombras: Ele é destruição... , penúltimo volume da Trilogia do Destino, a última da série A Saga de Darren Shan – cujo autor, o inglês radicado na Irlanda Darren Shan, é também o protagonista de suas obras. Com um estilo único de ação que conduz o leitor pelas páginas como se estivesse assistindo a um filme, as aventuras do Príncipe Vampiro ultrapassam a marca de dez milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.
Nesta trama, mais uma vez, o escritor conjuga realismo fantástico, humor e o quê de aterrorizante próprio ao universo dos vampiros com raro talento e fôlego para prender, divertir e eletrizar o público jovem da primeira à ultima página. Já se passaram quase dois anos desde que Darren Shan partiu para um mundo inóspito e sombrio com o fiel Harkat Mulds para pescar o corpo original do pequenino amigo, submerso no misterioso Lago das Almas, ajudando-o assim a descobrir sua origem e o livrando dos sonhos terríveis que o afligiam.
Agora, é Darren quem é atormentado por um constante e horrível pesadelo: o traidor Lucas Leopardo, Senhor dos Vampixiitas e assassino de seu grande amigo, sr. Crespley, conclamando mortes, fogo e sangue, se autoproclama o Senhor das Sombras e desafia Shan a combatê-lo. Entretanto, o que mais perturba Darren, na verdade, é a outra identidade revelada do Senhor das Sombras neste sonho de intenso terror... Uma desagradável premonição a qual ele fará tudo que estiver ao seu alcance para riscar do futuro.
Longe de casa há anos, o Circo dos Horrores é a sua única referência de lar. A incomum trupe circense, liderada pelo sr. Altão, porém, está de partida justamente para a cidade natal de Darren Shan. Sua família, seus amigos, o que esperar desse reencontro com o passado? Mal sabe Darren das surpresas que o aguardam e dos velhos inimigos que estão mais à sua espreita do que nunca! Jamais ele poderia imaginar o quanto pode ser perigoso, para ambas as partes, o encontro com figuras que deveriam permanecer apenas nas recordações e álbuns de retratos.
Se o medo é inevitável, tudo é uma questão de enfrentamento e escolha – e Shan sabe disso como ninguém! E ele não vai fugir! O fim da saga se aproxima... Quem vencerá esta guerra sanguinolenta? Trata-se de uma pergunta ainda sem resposta, mas uma coisa é certa: é imperdível o confronto final e decisivo que se anuncia no derradeiro livro desta fantástica série – Filhos do Destino. Prepare-se desde já!

12 - Filhos do destino
O universo vampiresco narrado ao melhor estilo cinematográfico, pontuado por ações que mal deixam o leitor respirar – assim são os livros de A Saga de Darren Shan, cujas aventuras ultrapassam a marca de 10 milhões de exemplares vendidos mundo afora. Após 11 livros da divertida e eletrizante jornada sobre estes seres ávidos por sangue – escrita pelo inglês radicado na Irlanda Darren Shan, também protagonista de suas obras –, a terrível Guerra das Cicatrizes chega, enfim, ao seu episódio final, em Filhos do Destino – O ato final...
Neste derradeiro volume da Trilogia do Destino, a quarta e última da série, enfrentar os desafios, por mais tortuosos que sejam, pode ser o único caminho para encontrar a redenção. Após inúmeros confrontos, o fim desta guerra é tão inevitável quanto o lado vencedor. A vitória do mal – arquitetada pelo destino, melhor dizendo, Desmond Tino, o Sr. Des Tino, dupla face da mesma moeda do caos – é inadiável. Peças e mais peças pregadas no Príncipe Vampiro Shan que tornam as batalhas cada vez mais delicadas, arriscadas e insustentáveis.
Uma vida pela outra seria, de fato, uma troca justa: Shancus, o menino-cobra do Circo dos Horrores, afilhado de Darren Shan, pelo pequeno Darius, filho e seguidor cego do maligno – e traidor – Lucas Leopardo. “Seria” justa. Darren deveria saber que nunca poderia confiar num acordo com o Senhor dos Vampixiitas, ainda que envolvesse o rebento do sanguinolento vilão. Quando Shan, porém, ameaçou vingar o covarde assassinato de Shancus, matando Darius, o inescrupuloso Lucas o deteve com a pior das revelações: Joana Shan, sua irmã, era a mãe do garoto. Seu sobrinho, quem diria, era o único e legítimo herdeiro do Mal. Uma ironia, no mínimo, embebida de sangue.
Como se já não bastasse isso, Darren sabia que estava somente em suas mãos dar o ponto final à Guerra das Cicatrizes. Mas ele sabia também que não era tão simples assim. Havia implicações, uma sina e um fardo igualmente cruéis e inescapáveis. A temida realidade com contornos de pesadelo torna-se cada vez mais próxima para Darren Shan: se desse cabo do demoníaco Lucas Leopardo, tomaria o seu lugar como o Senhor das Sombras, concretizando a profecia da bruxa Evanna – filha do intrometido e poderoso Sr. Des Tino. O Mal venceria de qualquer forma.
E quanto a Darius? Lucas? Joana? Toda a gente do Circo dos Horrores? Seria o fim deles e de todo o resto do mundo? E agora, o que fazer? Há alguma saída? Poderia o destino ser reescrito no momento em que é vivido? Se a sorte realmente prescinde do acaso, ao Príncipe Vampiro, frente a tantas dúvidas, resta só uma alternativa e certeza: lutar a todo custo! O público leitor não poderia esperar mais ansioso pelo ato final desta aventura aterrorizante.

Bom, depois de mais todos esses livros para comentar, ficamos na espera (março/2010) para saída do filme que vai falar sobre a primeira trilogia. Se vai ser tão bom quanto as series que já lemos/vimos ou se vai ser ruim, só depois de ler/ver o filme poderemos conferir !!

E você o que acha disso tudo??

Share:

2 comentários